Você está aqui
Home > Esporte > VOCÊ SABIA: OPERÁRIO SUPERA BAYER, PSV, SELEÇÕES DA ÁSIA E CONQUISTA ‘MUNDIAL’

VOCÊ SABIA: OPERÁRIO SUPERA BAYER, PSV, SELEÇÕES DA ÁSIA E CONQUISTA ‘MUNDIAL’

A maior conquista que um time de futebol pode alcançar é o Mundial de Clubes da Fifa. Esse o Operário nunca disputou. Mas o Galo da capital também tem um “mundial” pra chamar de seu. O título da Korea Cup de 1982 contra gigantes europeus, até hoje é motivo de muito orgulho para o time sul-mato-grossense.

O Operário foi Campeão Mato-grossense em 1977 e 1978. Após a divisão do estado, o Galo venceu o Sul-Mato-Grossense de 1979, 1980 e 1982. Além disso, em 1977 o Operário chegou ao terceiro lugar do Campeonato Brasileiro. A participação no campeonato nacional jamais foi superada por outra equipe da região Centro-Oeste.

O clube era comandado por Carlos Castilho, maior ídolo do Fluminense como jogador e um dos treinadores mais vitoriosos do futebol sul-mato-grossense, até hoje.

Por tudo que havia realizado, o Galo foi convidado pela CBF para representar o Brasil na Copa da Coreia do Sul. O objetivo do evento era desenvolver o futebol naquele país. A competição foi realizada entre os anos de 1971 e 1999.

Dez times participaram da edição de 1982. Na fase de grupos, o Operário enfrentou o Bayer Leverkusen B da Alemanha, o Hallelujah da Coreia do Sul e seleções da Tailândia e Malásia. Com três vitórias e um empate, o Galo avançou pra fase semifinal.

 

No mata-mata, teve vitória sul-mato-grossense. O Operário, que já tinha vencido o Bayer na fase anterior, por 2 a zero, bateu o PSV da Holanda por 4 a 3, destaque para o Arthurzinho, que balançou as redes duas vezes. Aliás, Arthurzinho foi decisivo na competição, fez gols em quase todos os jogos. O meia-atacante foi eleito o melhor jogador do torneio.

Leia mais
+ Castilho: maior ídolo da história do Fluminense e treinador mais vitorioso de MS

+ Rodolfo Fagundes: Filho de Coxim, ídolo do Comercial e goleiro do Crec

O Operário encarou a seleção da Coreia do Sul, na decisão. Quem esteve em campo, lamenta que não existam vídeos para relembrar os jogos. A final foi emocionante, com as duas equipes se lançando ao ataque, o tempo todo. A partida terminou sem gols e os dois times foram declarados campeões da Korea Cupa de 1982.

 

Volta ao Brasil

A conquista na Coreia do Sul deu ainda mais visibilidade ao Operário. O zagueiro Amarildo, por exemplo, foi negociado com o Palmeiras. O ex-jogador acredita que a negociação só ocorreu por causa do “mundial”. Arturzinho foi negociado com o Bangu, depois defendeu equipes como Vasco, Corinthians e Botafogo.

Recordações

O troféu conquistado na Coreia do Sul, atualmente fica exposto na sede do Operário. Assim como algumas medalhas, que os jogadores receberam no torneio e doaram ao clube, para que os torcedores possam apreciar.

Jogadores do Operário e da Coreia do Sul, antes de jogo da final – Foto: site Operário Futebol Clube.

***Informações disponíveis no site oficial do Operário Futebol Clube. Trabalho de pesquisa jornalista Anderson Ramos.

Fonte: https://semretranca.com.br/operario-supera-bayer-psv-selecoes-da-asia-e-conquista-mundial/

Foto: O.F.C / divulgação

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top