Você está aqui
Home > Local > PROJETO LEVA LEI MARIA DA PENHA AO PROGRAMA JOVEM APRENDIZ EM BATAYPORÃ

PROJETO LEVA LEI MARIA DA PENHA AO PROGRAMA JOVEM APRENDIZ EM BATAYPORÃ

Palestra com o delegado da Polícia Civil Felipe Devanso integra atividades da campanha Agosto Lilás conduzida pela Secretaria de Assistência Social

Os estudantes do programa Jovem Aprendiz em Batayporã participaram de atividade especial em alusão ao aniversário da Lei Maria da Penha, que completou 15 anos neste mês. O delegado da Polícia Civil, Filipe Davanso Mendonça, abordou os diversos aspectos da legislação com ênfase na prevenção da violência doméstica em palestra promovida na última segunda-feira (9).

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, a ação integra o projeto da campanha Agosto Lilás, desempenhado por meio da Coordenadoria da Mulher. “O trabalho é contínuo, mas o mês de agosto é uma oportunidade de trazer esse tema à tona de uma forma mais ampla. É fundamental que os jovens tenham conhecimento. A colaboração do delegado e de todos que participam dos serviços de enfrentamento à violência e de assistência às vítimas representa uma importante força”, analisou a gestora.

Além dos pontos teóricos e práticos da Lei Maria da Penha, o delegado abordou temas correlatos, como o ciclo da violência, exemplos de descumprimento de medidas protetivas e os atendimentos de casos de violência contra a mulher já realizados pela Polícia Civil em Batayporã neste ano.

“Nossos jovens aprendizes são muito atentos e comprometidos. Foi uma atividade de excelência. Esperamos fazer a diferença. Agradeço pelo empenho da equipe, que preparou um ambiente acolhedor, e a todos que dispuseram tempo por essa causa”, finalizou Maynara.

Delegado Filipe Davanso tratou sobre a prevenção da violência contra a mulher e a aplicação da Lei.

 Secretária agradeceu empenho da equipe e enfatizou necessidade de ampliar a discussão do tema na sociedade.

FOTOS: Maicon Araújo – Prefeitura de Batayporã.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top