Você está aqui
Home > Local > PREFEITURA DE BATAYPORÃ NOTIFICA SANESUL PARA REPAROS IMEDIATOS NA PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA

PREFEITURA DE BATAYPORÃ NOTIFICA SANESUL PARA REPAROS IMEDIATOS NA PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA

As obras de saneamento básico que estão sendo realizadas em Batayporã tem sido alvo de reclamações por parte da população. Isso porque a recuperação das vias que receberam intervenções não foi executada como deveria, deixando desníveis e buracos.

Para garantir qualidade e transparência na execução dos serviços de infraestrutura, medidas administrativas foram adotadas pela Prefeitura de Municipal, solicitando providências à Sanesul (Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul) e à Construtora Del Plata, responsável pela execução do empreendimento.

A notificação foi embasada em um relatório técnico elaborado por engenheiro da Secretaria de Obras, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente que realizou inspeções in loco e detectou trechos com sérias irregularidades nas obras realizadas pela Sanesul, consistentes na falta de recuperação do pavimento asfáltico, existência de remendos incompletos e abertos, infiltrações de águas pluviais, poluição ambiental, dentre outras irregularidades.

Com base no ofício encaminhado à Sanesul, o Executivo protocolou, nesta semana, documento no Ministério Público reivindicando que de forma urgente medidas necessárias sejam tomadas para reparar e sanar os problemas em relação a recomposição do pavimento asfáltico de vários trechos, garantindo a qualidade, solidez e segurança.

“Por determinação do prefeito Jorge Takahashi, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente constantemente notifica a Sanesul para recomposição do pavimento das ruas que sofreram intervenções com as obras de ampliação da rede coletora de esgoto, mas sem sucesso. Nesta semana protocolamos pedido de providências no MP para que intervenha junto a empresa de saneamento e a executora do empreendimento para que faça um serviço de qualidade”, explicou o secretário Sidney Olegário.

Olegário afirmou que gostaria de resolver o problema amigavelmente, a fim de evitar eventuais prejuízos à população, aos cofres públicos e ao meio ambiente urbano, mas a falta de comprometimento obrigou o Executivo a acionar o MP. “Quando procuramos os responsáveis pelo empreendimento somos tratados com desdenho, não fornecem as informações necessárias e nunca encontramos o engenheiro responsável pela obra”, enfatizou.

Após as fortes chuvas dos últimos dias, o problema agravou ainda mais onde vários trechos a pavimentação apresenta rachaduras e buracos; deterioração, afundamento de revestimento; danos que comprometem a segurança estrutural das vias e a funcionalidade, com riscos de segurança aos usuários.

A Prefeitura entende que ampliação da rede coletora e de tratamento de esgoto é uma obra importante para a população. Porém, cobra qualidade nos serviços. “Sabemos que os problemas causados pela obra são inevitáveis, assim como em todas as cidades onde é feito o trabalho, mas é importante termos o compromisso da recuperação das ruas. Estamos fiscalizando e cobrando a empresa de saneamento, uma vez que a má qualidade dos serviços tem sido objeto de constantes reclamações dos moradores”, frisou o Chefe do Executivo Jorge Takahashi.

Fotos: PMB/SODETA

Assessoria de Comunicação PMB

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top