Você está aqui
Home > Local > “DIA D” DE VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA MOBILIZA POPULAÇÃO DE BATAYPORÃ

“DIA D” DE VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA MOBILIZA POPULAÇÃO DE BATAYPORÃ

O “Dia D” de Vacinação contra a Influenza (gripe) promovido pela Secretaria Municipal de Saúde mobilizou mais de 1.600 pessoas em Batayporã. A mobilização foi realizada em parceria com o Instituto Butantan, que garantiu ao Município 5 mil doses da vacina para atender a população que não faz parte do público-alvo da campanha nacional.

A ação estratégica de imunização ocorreu durante todo o sábado (23) nas unidades de ensino Anízio Teixeira da Silva e Jan Antonin Bata, reforçando os números da cobertura vacinal, e serviu ainda para intensificar a vacinação contra o Sarampo para a população entre 20 a 49 anos de idade.

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, sendo transmitida comumente através das secreções respiratórias (fala, tosse, espirro), ou ainda pela transmissão de gotículas com partículas virais presentes no ar, especialmente em ambientes fechados.

Cb image default

Para manter as normativas de prevenção ao Covid-19 em meio a vacinação, Agentes Comunitários de Saúde orientaram as pessoas organizando as filas e fiscalizando o cumprimento das medidas de proteção contra o coronavírus.

A titular da Secretaria Municipal de Saúde, Marcela Leite, acompanhou o trabalho e chamou a atenção para a importância da imunização contra a gripe, uma vez que os sintomas são semelhantes aos do novo coronavírus e podem levar a hospitalização e óbitos.

“Promovemos o “Dia D” para facilitar o acesso às pessoas que não dispõem de tempo para ir às Unidades de Saúde durante a semana e para que elas se conscientizem e busquem a prevenção, pois a Influenza mata como qualquer outra doença”, observou a Gestora.

Cb image default

Fotos: Aline Leão/Assessoria PMB

Campanha – A Campanha Nacional de Vacinação teve início no dia 23 de março, com meta de proteger 90% do público-alvo, composto por idosos acima dos 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos incompletos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, motoristas, portadores de doenças crônicas, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescente em medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Conforme o Setor de Imunização, 2.226 integrantes do grupo prioritário foram imunizados até o momento. Entre as pessoas idosas a cobertura vacinal ultrapassou a meta chegando a 100,66%, com 1.216 doses aplicadas; enquanto 82,47%, dos profissionais de saúde foram imunizados (160 doses). Na sequência, estão as puérperas que atingiu 68,42% (13 doses); as gestantes 60,34%, o que corresponde a 70 doses aplicadas; 57% das crianças receberam a imunização (504), e do público entre 55 a 59 anos, 55,60% tomaram a vacina (263).

A Gestora em Saúde informa que aqueles que não conseguiram se imunizar no “Dia D”, podem comparecer nas Salas de Vacina, que ficam situadas nas unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF), no período das 7h às 11h e das 13h às 17h, até o dia 5 de junho quando encerra a Campanha Nacional.

Para receber a imunização é necessário apresentar o título de eleitor ou comprovante de residência nominal, RG e Cartão SUS. Para tanto, as pessoas devem estar atentas a todos os cuidados de higienização, distanciamento e uso de máscaras para evitar a disseminação do Covid-19.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top