Você está aqui
Home > Esporte > CORONAVÍRUS: CRESCE PRESSÃO DE ATLETAS PARA O ADIAMENTO DAS OLIMPÍADAS

CORONAVÍRUS: CRESCE PRESSÃO DE ATLETAS PARA O ADIAMENTO DAS OLIMPÍADAS

Atletas, dirigentes e profissionais do mundo esportivo começaram nesta quinta-feira a pressionar o Comitê Olímpico Internacional (COI) para que as Olimpíadas de Tóquio sejam adiadas ou canceladas. O movimento aconteceu um dia após o presidente da entidade, o alamão Thomas Bach, se reunir por videoconferência com 220 atletas e explicar que, mesmo diante da pandemia de coronavírus, ainda faltam quatro meses para o início das competições.

A decisão de manter os Jogos Olímpicos programados para ocorrerem entre 24 de julho a 9 de agosto irritou atletas e dirigentes esportivos. A primeira manifestação contrária aconteceu ainda na quarta-feira, logo após da reunião com os atletas, quando a integrante da Comissão de Atletas do COI, a canadense Hayley Wickenheiser, tetracampeã olímpica de hóquei no gelo, classificou como irresponsável a decisão de não adiar as Olimpíadas de Tóquio, diante do avanço do coronavírus no mundo.

A posição de Wickenheiser foi ratificada pela atual campeã olímpica do salto com vara, Katerina Stefanidi, que em seu perfil nas redes sociais contestou a manutenção dos Jogos. A atleta grega disse não ser mais possível esperar por quatro meses para uma decisão.

+ FAQs: qual é o impacto do coronavírus nas Olimpíadas de Tóquio?

– Não é sobre como as coisas serão em quatro meses. É sobre como as coisas estão agora. O COI está querendo que a gente se mantenha arriscando nossa saúde, a saúde da nossa família e a saúde pública treinando todos os dias? Estão nos colocando em perigo agora, hoje, não em quatro meses – escreveu Katerina Stefanidi.

Katerina Stefanidi

@KatStefanidi

This is not about how things will be in 4 months. This is about how things are now. The IOC wants us to keep risking our health, our family’s health and public health to train every day? You are putting us in danger right now, today, not in 4 months.https://www.olympic.org/news/communique-from-the-international-olympic-committee-ioc-regarding-the-olympic-games-tokyo-2020 

Communique from the International Olympic Committee (IOC) regarding the Olympic Games Tokyo 2020 -…

olympic.org

232 people are talking about this

Um post emocionado do ginasta alemão Andreas Toba, em um rede social, provocou comoção entre os desportistas da modalidade. Atletas brasileiros como o medalhista olímpico Arthur Nory, além de Caio Souza, Rebeca Andrade, Flávia Saraiva, Francisco Barretto, Leonardo Souza e Maria Cecília escreveram comentários de apoio, a exemplo do que fizeram os alemães Marcel Nguyen, Tabea Alt, Sophie Scheder e Emilie Petz além do espanhol Nestor Abad.

– Agora é mais do que claro para mim que os Jogos Olímpicos precisam ser adiados. Nosso mundo está em uma das crises mais graves, todos são convidados a ficar em casa. Após a minha grave lesão no Rio, participar dos Jogos em Tóquio foi a minha motivação diária. Mas estou convencido de que as Olimpíadas de 2020 não podem ocorrer a partir de julho. Não podemos manter os valores do esporte, como justiça, espírito de equipe e respeito na atual crise. As diferenças internacionais são muito grandes quando se trata de oportunidades de treinamento. De uma proibição completa ao treinamento normal, não há justiça aqui – escreveu o ginasta alemão.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top