Você está aqui
Home > Local > COM RESTRIÇÕES, BATAYPORÃ RETOMA GRADATIVAMENTE ATIVIDADES COMERCIAIS

COM RESTRIÇÕES, BATAYPORÃ RETOMA GRADATIVAMENTE ATIVIDADES COMERCIAIS

Batayporã começa a retomar, de forma gradativa, atividades e serviços considerados não essenciais, que estavam suspensos desde que a Administração Municipal anunciou, entre as medidas de combate ao novo coronavírus, o isolamento social.

As recomendações visando a flexibilização foram deliberadas pelo Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Coronavírus, e passou a valer na segunda-feira, 4 de maio.

No Decreto nº 38/2020, fica permitido o funcionamento dos estabelecimentos comerciais noturno, desde que mantendo o rígido controle de acesso para evitar aglomerações e altera o horário do “Toque de Recolher”.

Pelo novo decreto, que tem validade até 4 de junho, conveniências, bares, sorveterias, restaurantes e lanchonetes poderão realizar atendimento ao público, limitando a disponibilização de até cinco mesas com dois assentos, e respeitando as medidas de higiene, o uso obrigatório de máscara e o distanciamento mínimo de dois metros.

O documento detalha ainda a alteração no horário do “Toque de Recolher”, que passa a ser das 22h às 5h, em todo o território municipal, devendo cada cidadão batayporaense permanecer em sua residência, salvo quem estiver em serviço da saúde, segurança pública, em atendimento de emergência, e/ou outra situação justificada, sob pena de ser conduzido até o respectivo endereço.

Para as atividades empresariais não essenciais ficou estipulado que poderão funcionar das 8h às 17h, desde que obedecidas as normas de prevenção de combate à pandemia do Covid-19. Já os atendimentos ao público nos órgãos públicos municipais funcionarão das 7h às 11h.

Todos os eventos públicos agendados pelos órgãos ou entidades municipais continuam proibidos no município, devendo tais encontros serem remarcados oportunamente após oitiva da Secretaria Municipal de Saúde

Entre outros pontos, o decreto autoriza as igrejas a realizarem cultos e missas com até 30% da capacidade do estabelecimento, sendo obrigatório o uso de máscaras, o distanciamento mínimo de dois metros e a disponibilização de álcool 70%.

Vale ressaltar que o descumprimento das recomendações acarretará a aplicação de multa no valor de R$ 200,00, além de medidas a serem adotadas pela Vigilância Sanitária.

O prefeito Jorge Takahashi destacou que Batayporã está há semanas trabalhando em ações preventivas e que as medidas de isolamento determinadas pelo Executivo Municipal refletiram nos índices de casos de Covid-19.

“Graças a população, que entendeu a importância do isolamento social, o número de casos se manteve inalterado, e isso nos deixou uma margem para flexibilizarmos algumas medidas. Mas reforço o meu pedido para que as pessoas continuem tomando todas as precauções de higiene, distanciamento e aglomeração para que vençamos essa pandemia”, frisou o Chefe do Executivo.

Segundo o Prefeito, toda e qualquer outras mudanças e flexibilização poderão ser discutidas e, caso seja registrado novos casos de coronavírus, as medidas serão novamente endurecidas pelo Comitê.

Foto: Marcos Donzeli/Assessoria PMB

Fonte: Assessoria PMB

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top