Você está aqui
Home > Educação > COM MÁSCARAS E PROFESSORES VACINADOS, ALUNOS DE MS VOLTAM ÀS SALAS NAS PRÓXIMAS SEMANAS

COM MÁSCARAS E PROFESSORES VACINADOS, ALUNOS DE MS VOLTAM ÀS SALAS NAS PRÓXIMAS SEMANAS

Em poucas semanas, os alunos de Mato Grosso do Sul deverão retornar às salas de aula, isso porque será iniciado o retorno escalonado das aulas presenciais na rede pública do Estado. As escolas estaduais retornarão a partir de agosto, já as escolas municipais de Campo Grande devem retornar no mês de julho.

Nas duas ocasiões, os alunos e professores receberão EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) como máscaras para a participação das aulas. Álcool e sabão também estarão disponíveis para limpeza das mãos. Vale lembrar que os profissionais de educação já foram vacinados contra a covid-19.

Escolas municipais de Campo Grande

As aulas presenciais para os alunos da Reme (Rede Municipal de Ensino) serão retomadas no dia 26 de julho, com escalonamento no horário de entrada e ocupação de 30% a 50% das salas nas escolas, de acordo com a metragem do espaço para manter o distanciamento físico necessário para evitar a disseminação da covid-19.

Conforme a Semed (Secretaria Municipal de Educação), os horários de entrada e saída dos estudantes serão adaptados. Confira:

  • Educação infantil (alunos com 5 anos), as entradas serão às 7h e às 13h.
  • Ensino fundamental I (do 1° ao 5° ano), entradas às 7h15min e às 13h15min.
  • Ensino fundamental II (do 6° ao 9° ano), entradas às 7h30min e às 13h30min.
  • Em relação às saídas, serão antecipadas: às 10h, para os alunos do matutino, e às 16h, para os do vespertino.

Ainda conforme a Semed, será obrigatório o uso de máscara de proteção individual. Cada aluno vai receber duas máscaras. Já os professores e assistentes de educação infantil das Emeis também terão avental e face shield. Álcool 70 e sabão líquido para lavagem das mãos também estarão disponíveis para alunos e servidores das escolas.

“Todos os trabalhadores da educação passaram ou vão passar, antes do retorno presencial escalonado dos alunos, por treinamento psicossocial, emocional e de biossegurança”, informou a secretaria.

Escolas estaduais

Os alunos das escolas públicas estaduais deverão retornar com o ensino presencial no dia 2 de agosto, após o período de recesso escolar, que ocorre entre os dias 2 e 16 de julho. Após este período, os alunos retornam com as atividades remotas (de casa) até o dia 30 de julho, no dia 2 de agosto será o início das aulas presenciais.

A quantidade permitida de alunos nas escolas se dará segundo a classificação do município no mapa prosseguir. Confira:

  • Em grau “extremo” (bandeira cinza), 30% dos estudantes presentes em sala;
  • Em grau “alto” (bandeira vermelha), 50% dos estudantes presentes em sala;
  • Em grau “médio” (bandeira laranja), 70% dos estudantes presentes em sala;
  • Em grau “tolerável” (bandeira amarela), 90% dos estudantes presentes em sala;
  • Em grau de risco “baixo” (bandeira verde), 100% dos estudantes presentes em sala.

Conforme a SED (Secretaria Estadual de Educação), a média de ocupação das salas na rede estadual é de 30 estudantes – segundo dados do Inep –, o cenário seria o seguinte:

  • Grau “extremo” (bandeira cinza): 09 estudantes em sala;
  • Grau “alto” (bandeira vermelha): 15 estudantes em sala;
  • Grau “médio” (bandeira laranja): 21 estudantes em sala;
  • Grau “tolerável” (bandeira amarela): 27 estudantes em sala;
  • Grau “baixo” (bandeira verde): 30 estudantes em sala.

Cada aluno receberá três máscaras de proteção reutilizáveis para assistir às aulas de forma presencial. Ainda segundo a SED, a entrega das máscaras começou em março deste ano e cada instituição optou por receber os equipamentos de forma antecipada ou na data de retorno das atividades.

Fonte: Assessoria PMB

Foto: Arquivo/Midiamax

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top