Você está aqui
Home > Curiosidades > CIDADES COM MAIS CASOS DE COVID-19 TIVERAM POUCO ISOLAMENTO SOCIAL HÁ DUAS SEMANAS

CIDADES COM MAIS CASOS DE COVID-19 TIVERAM POUCO ISOLAMENTO SOCIAL HÁ DUAS SEMANAS

Quando as autoridades sanitárias afirmam que o número de casos está relacionado ao baixo isolamento social, o assunto ainda divide não só opiniões, mas também os adeptos do distanciamento como principal medida de enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19). A taxa média de isolamento social em Mato Grosso do Sul tem ficado entre 40% e 50%. Mas os números não mentem, e é possível fazer uma análise nos municípios com maior incidência de casos.

Capital tem 96 casos confirmados de Covid-19

Com 51,6% do total de casos confirmados no Estado, Campo Grande possui histórico de isolamento médio de 40% desde o início do mês. O menor deles, 37%, foi registrado no dia 9 de abril, exatamente 14 dias atrás. A Capital contabiliza duas mortes em decorrência da Covid-19, e 96 casos confirmados.

7° morte por Covid-19 no Estado foi registrada em Três Lagoas

Coincidentemente, os menores índices de isolamento social registrados em Três Lagoas também são em datas próximas ao feriado da semana santa. Há exatos 14 dias, a adesão ao distanciamento foi de apenas 39% da população. O pior índice é sinalizado pela cor vermelha no gráfico, nos dias 13 e 15 de abril, quando o isolamento foi de apenas 35%. A cidade é a segunda em maior número de casos, com 24 confirmados e computou nesta quinta-feira (23.4) o terceiro óbito pelo coronavírus no município.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o “período de incubação” da Covid-19, que é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção pelo vírus, pode variar de 2 a 14 dias.

Dados de isolamento

A movimentação de mais da metade da população na quarta-feira (22.4) pós-feriado de Tiradentes fez o índice de isolamento social cair para 43%, quando o recomendado pelas autoridades de saúde para reduzir o contágio pela Covid-19 é de 70%. Com isso, Mato Grosso do Sul voltou a ocupar o segundo pior lugar no ranking brasileiro, ficando a frente apenas do Tocantins (TO) que registrou 42,2%.

Nenhum município do interior bateu o índice ideal de isolamento nesta quarta-feira, e quatro ficaram acima dos 60%, considerado bom. Bela Vista (69,1%), Alcinópolis (69,1%), Jateí (68%), e Ladário (60,1%) foram as cidades com melhor adesão.

A maior movimentação nas ruas foi nas cidades de: Bodoquena (37,4%), Taquarussu (37,5%), São Gabriel do Oeste (37,6%), Itaquiraí (37,7%), Água Clara (37,8%), Amambai (37,8%), Jardim (37,8%), Glória de Dourados (38,3%), Miranda (38,5%), Aparecida do Taboado (39%), Maracaju (39,4%) e Ribas do Rio Pardo (39,8%).

O índice de isolamento de Campo Grande nesta quarta-feira (22.4) pós feriado foi de 42,5%. O monitoramento por geolocalização registrou os bairros com pior adesão para o dia foram: Moreninha IV (17,6%), Portal Caiobá I (18,5%), Pênfigo (23,6%), José Abrão (24,5%), e Vida Nova II (29%). Confira aqui o ranking geral das cidades.

O boletim epidemiológico desta quinta-feira (23.4) registrou 6,3% novos casos nas ultimas 24 horas. Com isso, o Estado possui 186 confirmados, 16 em investigação, e 7 óbitos. Confira o boletim detalhado aqui.

 

Mireli Obando -Subsecretaria de Comunicação- Subcom

Foto: Silvio Andrade

Fonte: Portal do MS

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top