Você está aqui
Home > Local > BATAYPORÃ: OCORRÊNCIAS DE ESCORPIÕES EXIGEM ATENÇÃO; SAIBA COMO PREVENIR ACIDENTES

BATAYPORÃ: OCORRÊNCIAS DE ESCORPIÕES EXIGEM ATENÇÃO; SAIBA COMO PREVENIR ACIDENTES

A Vigilância Entomológica e o Controle de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde de Batayporã registraram ocorrências de escorpiões nas últimas semanas. Moradores coletaram exemplares da espécie Tityus serrulatus, conhecida como escorpião amarelo. Até o momento, não há registros de acidentes.

Conforme explica o coordenador da Defesa Civil, Gilberto Batista dos Santos, os escorpiões são resistentes a inseticidas. O trabalho precisa ser preventivo para evitar acidentes e a proliferação do animal peçonhento. “A população precisa ficar atenta a detalhes, principalmente com o acúmulo de entulho, madeira e telhas nos quintais”, explicou Santos.

Esses materiais servem como ninhos para os escorpiões e é durante seu manuseio que ocorrem boa parte dos acidentes. “É muito comum que as picadas aconteçam quando as pessoas precisam lidar com esses materiais, folhas, galhos ou outros objetos em que os escorpiões estejam alojados”, detalhou o coordenador.

Para evita-los, é preciso estar atento na hora de executar ações cotidianas, como examinar os sapatos e roupas antes de vestir, esticar lençóis e cobertas, conferir a área embaixo das camas, tapetes, tampar ralos e latas de lixo, utilizar luvas para lidar com entulhos, não permitir a incidência de insetos em casa, a exemplo de baratas e formigas, pois os escorpiões se alimentam delas.

Outra orientação importante é observar crianças e idosos, tanto na exposição à locais propícios para o escorpião se alojar, quanto na manifestação dos sintomas da picada – os sinais podem variar, mas em geral são dor intensa no local atingido, vômito, diarreia, febre, salivação, dificuldade em respirar e, também pode ocorrer insuficiência cardíaca.

Em casos de acidente, é necessário procurar atendimento médico na hora e, se possível, coletar ou fotografar o espécime corretamente para que o mesmo seja catalogado pela Vigilância Entomológica. “É importante que haja o controle sobre os espécimes presentes na região. Assim conseguimos planejar ações de prevenção eficazes e facilitar o atendimento médico, que precisa saber da intensidade do veneno do escorpião”, relatou Santos.

Em Batayporã, o Controle de Vetores conta com um Disk Denúncia – 67 99284 2904. O serviço serve para receber denúncias sobre terrenos sujos com animais peçonhentos e focos de mosquito da dengue. É preciso informar a localização do terreno de forma clara. Já as ocorrências de acidentes devem ser informadas ao departamento pelo telefone 67 3443 1918.

Moradores locais capturaram escorpiões amarelos. Foto: Divulgação.

Ocorrências devem ser comunicadas ao setor de Controle de Vetores.

Fonte: Assessoria PMB

Imagem: Maicon Araújo – Prefeitura de Batayporã.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top