Você está aqui
Home > Cotidiano > “AGOSTO LILÁS” TERÁ AÇÕES DE CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM BATAYPORÃ

“AGOSTO LILÁS” TERÁ AÇÕES DE CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM BATAYPORÃ

A campanha Agosto Lilás, de combate e prevenção da violência doméstica, foi aberta nesta terça-feira (04) em Batayporã com uma entrevista na rádio local com a titular da Coordenadoria Especial da Mulher (CEMU) e o Delegado de Polícia Civil.

Durante todo o mês uma série de atividades relacionadas à campanha serão realizadas com o intuito de sensibilizar a população sobre os direitos das mulheres e divulgar os 14 anos da Lei Maria da Penha, bem como a rede de atendimento. A ação é coordenada pela Prefeitura Municipal, por meio da Coordenadoria Especial da Mulher.

Diferentemente dos anos anteriores, em razão do contexto em face do novo coronavírus, as atividades, que envolvem divulgação de materiais informativos e entrevistas, serão realizadas por meio das redes socias e meios de comunicação local como forma de promover a reflexão e mudanças de atitudes relacionadas à violência contra a mulher, como também a participação dos diversos setores na ação. Além disso, faixas serão afixadas em vários locais da cidade.

Cb image default

A CEMU desenvolve ações voltadas para as mulheres durante todo ano e intensifica no Agosto Lilás. “Teremos uma vasta programação para levar conhecimento para a sociedade acerca dos direitos das mulheres, os tipos de agressões que elas sofrem e quais as leis protegem. E mais que isso, nosso objetivo é estimular que as vítimas busquem os mecanismos para denunciar seus agressores”, afirmou Célia.

A titular da CEMU ressaltou ainda que as mulheres têm mecanismos que as protegem e podem buscar os órgãos de apoio para denunciar. “Essa campanha é importante, principalmente, nesse momento de pandemia, em que muitas famílias estão confinadas, passando por stress emocional, e podem surgir conflitos”, disse.

O delegado de Polícia Civil, Filipe Davanso Mendonça, que participou da abertura da campanha em entrevista na rádio local, explicou aos ouvintes sobre a Lei Maria da Penha, as formas de violência doméstica e como proceder em casos de denúncias.

Para a mobilização da campanha “Agosto Lilás”, a Coordenadoria Especial da Mulher conta com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Programa Bolsa Família. Além das secretarias municipais de Saúde (SMS), e de Educação, Cultura, Esportes e Lazer (SECEL); polícias Civil e Militar, e Defensoria Pública.

Fonte: Assessoria PMB

Foto: Aline Leão/Assessoria PMB

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top