Você está aqui
Home > Esporte > ENTRE RESPALDO E CRÍTICAS, TIAGO NUNES VÊ PRESSÃO AUMENTAR E SOMBRA DE MANO NO CORINTHIANS

ENTRE RESPALDO E CRÍTICAS, TIAGO NUNES VÊ PRESSÃO AUMENTAR E SOMBRA DE MANO NO CORINTHIANS

Tiago Nunes vai para a quarentena do futebol brasileiro pressionado no cargo de técnico do Corinthians. Embora ainda respaldado por uma parte da diretoria alvinegra, ele já não é unanimidade no clube e sofre críticas não só pelos maus resultados obtidos, mas também por decisões tomadas.

Após dois meses e meio de trabalho no Corinthians, Tiago Nunes também lida com a sombra de Mano Menezes, técnico que agrada ao presidente Andrés Sanchez e alguns de seus aliados.

Livre no mercado desde que deixou o Palmeiras em dezembro do ano passado, ele é apontado como uma alternativa em caso de troca de comando.

Eliminado na primeira fase da Libertadores e praticamente fora do Paulistão, o Timão tem aproveitamento de 38% em jogo oficiais em 2020 – três vitórias, cinco empates e quatro derrotas.

Mais sobre o Corinthians:
+ Carille, o antecessor, fala em paciência com Tiago Nunes
+ Pedrinho pode não jogar mais pelo Corinthians; entenda
+ Jadson faz críticas a Tiago Nunes nas redes sociais

Apesar de os maus resultados virem desde fevereiro, a pressão sobre Tiago Nunes começou apenas nas últimas semanas, quando a equipe, mesmo tendo tempo para treinar, não apresentou evolução.

A pausa nas competições levantou dúvidas na diretoria do Corinthians sobre como conduzir a situação. Manter Tiago Nunes agora e demiti-lo quando os jogos forem retomados, caso o time siga jogando mal, representaria a perda de um tempo precioso na avaliação de alguns cartolas.

Porém, dois pontos jogam a favor de Tiago Nunes:

  • a diretoria corintiana entende que o elenco também tem parcela grande de culpa pelo desempenho ruim e precisa ser cobrada. Demitir o técnico agora poderia eximir os atletas da responsabilidade.
  • trocar o treinador agora iria contra o discurso pregado desde o ano passado, de que Tiago Nunes foi contratado para mudar o estilo de jogo da equipe, algo que demanda tempo.

Por outro lado, as contestações são muitas. Escalações e substituições não agradaram e também há críticas sobre a forma de se relacionar com os atletas. Recentemente, algumas regras incomodaram.

A cúpula corintiana reconhece que o elenco precisa de melhores jogadores de ataque, mas pondera que Tiago Nunes pediu a contratação de Yony González (embora o colombiano não fosse o primeiro da lista) e participou da montagem do grupo, tendo inclusive carta branca para dispensar jogadores, como os ídolos Ralf e Jadson.

Para alguns críticos, Tiago Nunes não vai bem na indicação de atletas e exagera nos pedidos de atletas com quem trabalhou no Athletico-PR. Rony, que acabou indo para o Palmeiras, era uma de suas prioridades. Agora, o técnico quer o atacante Nikão, que também interessa ao Grêmio.

Sobram críticas até mesmo para métodos de trabalho da comissão técnica de Tiago Nunes e uma suposta dificuldade para se adaptarem a um clube do porte do Corinthians.

Ao mesmo tempo, o treinador é muito elogiado pela forma que se dedica ao trabalho e o tempo que passa dentro do CT Joaquim Grava.

A última vitória do Corinthians foi na eliminação da Libertadores para o Guaraní, do Paraguai, em 12 de fevereiro. Em suas últimas entrevistas, Tiago Nunes reconheceu que os resultados não vêm sendo bons, mas apontou evolução no rendimento do time. O treinador tem contrato até o fim do ano.

+ CLIQUE AQUI e veja mais notícias do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians

Fonte: https://globoesporte.globo.com/futebol/times/corinthians/noticia/entre-respaldo-e-criticas-tiago-nunes-ve-pressao-aumentar-e-sombra-de-mano-no-corinthians.ghtml

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Top